Abramet e Abrapsit encerram evento, em Brasília, com sucesso.

Foram três dias de cursos, palestras, debates e troca de conhecimentos entre médicos, psicólogos, estudantes e representantes de órgãos e entidades ligadas ao trânsito.

O XIII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego e II Congresso Brasileiro de Psicologia de Tráfego ocorreram em Brasília, de 12 a 15, com foco na prevenção de acidentes, educação no trânsito e discussões a respeito das mudanças propostas pelo Governo Federal no Código Nacional de Trânsito.

A Confederação Nacional de Trânsito (CNT), em pesquisa feita em conjunto com a Polícia Rodoviária, em 2018, aponta que é necessário trabalhar em 7 fatores, para evitar acidentes: humano (sono, álcool, doenças como epilepsia e diabetes), infraestrutura das estradas, fator socioeconômico (condutor acostumado com carros menos potentes, quando passa a dirigir automóvel mais veloz), institucional e social (capacitação do condutor), manutenção veicular e, ambiental (chuvas fortes, neblina), além de uma fiscalização efetiva. Jeferson Cristiano dos Santos Silva, representante da CNT no evento, conclui que “os automóveis estão cada vez mais velozes e as pessoas, mais desatentas.”

No Brasil, a principal causa de morte dos 5 aos 29 anos e em função de acidentes de trânsito e a Abramet promoveu, no evento, debate de novas diretrizes, com avanços significativos, com a finalidade de preservar vidas nas estradas.

O presidente do Congresso da Abramet, Geraldo Guttemberg, salienta o êxito do evento, que contou com mais de 1.000 participantes e salienta que “o trabalho da medicina de tráfego e de preservar vidas e que a entidade seguirá, sem medir esforços, trabalhando junto a autoridades para que o PL3267 não seja aprovado em sua integra.”

A psicologia do trânsito é uma especialidade da psicologia que cuida da saúde, segurança e bem-estar psíquico do condutor no contexto do trânsito e a avaliação psicológica e uma prática privativa dos psicólogos, reforçando a necessidade de uma resposta com foco na atenção às lesões e traumas (físicos, emocionais e comportamentais) decorrente de acidentes. A presidente da Abrapsit Patricia Sandri reforça “a importância do debate e união promovidos nestes dias de evento, tão fundamentais para a prática profissional, com foco na saúde e segurança no trânsito, que oportunizou troca de conhecimentos e tomadas de decisões.”

Rio de Janeiro sediará o Congresso da Abramet e da Abrapsit, em 2021.